Diferente, gostoso e muito em conta.

04/12/2013 às 14:39. Eu costumo provar vinhos de todos os cantos do mundo, afinal, essa é a graça de se beber vinho. Mas confesso que ainda não havia experimentado da região de Salta, na Argentina. Apesar de já conhecer alguns de Mendoza, fiquei extremamente curioso ao ver que esse era de uma região diferente, então resolvi encarar esse delicioso "desafio". 

O dia foi de repleto de "primeiras vezes", pois estava conhecendo o novo restaurante do Hotel Royal Tulip, em São Conrado, Rio de Janeiro. O cardápio intimidava um pouco, até porque indicava ser de um Chef contemporâneo (confesso que fiquei preocupado). Ao ver que eles tinham um prato com Filet Mignon, fui tomado pela tranquilidade e decidi ir nele, para não ter erro. E, para constar, foi um dos melhores pratos que já comi. Sem exagero, você verá nas fotos.

Vamos ao que interessa!  

O vinho é excelente, pronto, de cara. No nariz, ele é agradável e esconde completamente o álcool. Já na boca, o sabor é bem diferente, agradável, redondo e dá para sentir um toque bem sutil de carvalho, dando um gostinho de defumado. Realmente, um vinho sensacional. Ele foi comprado, no restaurante, por R$ 72,00. O que achei um custo/benefício bem justo, levando em conta o lugar e o atendimento de primeira. 

Para quem ainda não provou esse vinho, eu recomendo fortemente. Não vai se arrepender. Saúde!

Algumas informações sobre o vinho:

Região
Salta - Alto Valle Calchaquí - Vinhedos localizados a 1.700 metros de altitude.

Uvas
85% Malbec, 10% Cabernet Sauvignon, 5% Syrah

Amadurecimento
8-10 meses em barricas de carvalho francês de segunda passagem, para 40% do vinho.


Observações:

- Se quiser comprar o vinho direto da importadora, segue o link: Amalaya Tinto 2011

- Já se cadastrou para receber dicas e promoções exclusivas? Só não vai receber Spam! :)