Qual o melhor vinho que você já tomou? Qual a história dele?

Atualizado em 07/10/2017 em Vinho e Diversão
25 em 11/08/2014

Quer ganhar um par de cartões do Vinhozinho Clube? 

Então conte-nos a sua história. Qual o melhor vinho que você já tomou? Qual a história dele? 

As 5 melhores serão presenteadas e aproveitarão todos os benefícios do Clube. 

A minha…

Pergunta difícil de responder. O número 1 é complicado, pois eu não lembro. Já faz mais de 10 anos e só sei que de uma hora para outra eu passei de “detesto vinho” para “amo vinho”. Foi ali, naquele momento, que eu vi que nada sabia sobre vinho e tinha um preconceito muito frágil, que foi para o espaço em 1 segundo. Essa história se passou na França, quando fui presenteado com um jantar de boas vindas. Eram umas 8 pessoas, todas apaixonadas por vinho, menos eu. O anfitrião buscou um vinho especial de sua adega particular, datado de 1982 que, por acaso, é o ano do meu nascimento. Bebemos a múmia… e todos ficaram encantados, menos eu, que fiquei maravilhado.

Aquele gole de vinho tinha mudado completamente a minha percepção e jogado fora anos perdidos, vinhos não provados, alegrias não vividas. Foi um misto de tristeza e extrema felicidade… depois daquele gole eu sabia que iria começar uma saga sem fim, em busca de cada vinho que eu pudesse provar, conhecer, gostar, desgostar, gostar de novo… enfim, viver cada vinho como se fosse único.

Parece uma lenda, mas é real. Infelizmente naquele tempo não tinha celular com câmera para registrar e minha memória já estava dando tilt, mas o melhor disso tudo é que aquele episódio deixou o vinho ainda mais romântico para mim.

E você, qual o melhor vinho que você já tomou? Qual a história dele?

  • Curtidas:
  • oseias.vargasbarbosa
  • Ronaldo Faria
  • Cristiane Faria
  • Lúcia Fernandes Bonito
  • lucrsoares
  • +1
Responder
0 em 11/08/2014


Bom eu não sei bem como foi ,mas faz bastante tempo ,era um casamento de um amigo ,todos nós amigos fomos convidados ,estavamos ansiosos pr chegar a hora da festa ,e tomar uma otima cerveja que sempre bebiamos ,o nosso amigo é juiz por isso tinha de tudo no casamente ,chegando na festa todos os meus amigos como de costume pediram a tal da cerveja , quando chegou a minha vez me deu um subito  rompante de pedir um vinho ,bem acabei pedindo ,passei a noite pegando no pé dos meus amigos com a chamada regra de etiqueta , o q se podia ou não faze numa situação como aquela ,para mim foi engraçado ver eles desconvortaveis com a situação !desde esse dia virei fã de vinho , e o mais saboroso que já tive o privilegio de apreciar foi um malbec argentino !

  • Curtidas:
Responder
Cancelar
0 em 11/08/2014

O melhor vinho que eu já tomei eu sei bem qual foi. Faz muito tempo e me traz lindas e amorosas lembranças.
Não foi com certeza um bom vinho, mas foi o melhor vinho pra mim. Foi o primeiro, e mais que isso, foi o que representa até hoje a marca da minha descendência, da minha história.
Bem, venho de família portuguesa do interior de Portugal, meu pai é português e minha família carrega a tradição das famílias do interior de Portugal, o plantio e a colheita. E tive a sorte de nascer em uma família produtora de uvas e vinho.
Em meio ao frio característico do Norte de Portugal, eu, criança, experimentei colher castanhas e retirá-las de seus ouriços, participei das festas de colheita de uva e milho que entravam noite a dentro e aconteciam dentro das próprias plantações iluminadas por altas fogueiras, colhi uvas do pé, comi morangos retirados de seus raminhos rasteiros no meio da neblina na pequena plantação de morangos nos fundos da casa de tios… E tudo isso tinha um tom de sonho, de lúdico, tudo possuía muitos perfumes novos e maravilhosos pra mim, gostos especiais… Uma criança vê a realidade com olhos muito mais iluminados e tudo era lindo pra mim. Eu devia ter uns 7 anos e nunca mais esqueci.
Me sinto muito abençoada por todas as experiências que vivi e foram trazidas pela história da minha família e uma das mais importantes foi amor pelo vinho. Cresci com muitas festas, porque os portugueses amam festas e todas elas acontecem entremeadas de muito vinho.
E então a primeira lembrança que eu tenho do meu primeiro e melhor vinho foi há muito anos com um vinho de mesa de família, misturado com água e açúcar e mais uma mão cheinha de morangos colhidos por mim no meio da tarde enevoada em algum lugar no interior de Portugal.

  • Curtidas:
Responder
Cancelar
1 em 11/08/2014
Assinante
em 12/08/2014

Ainda me lembro bem daquela noite, era começo de namoro e fui convidada por ele para jantar, chegando no restaurante ele pediu a carta de vinhos,  quando o vinho chegou, ele fez a prova e fomos servidos, fizemos o brinde e tomei o primeiro gole, me lembro que fiz uma careta e um comentário, isso porque eu estava acostumada a só tomar vinho moscatel, percebí que ele ficou meio aborrecido,  fiquei bastante constrangida mas como não queria perder o namorado, tratei logo de me matricular num curso básico de vinhos para aprender sobre a bebida, gostei tanto que passei do básico para o intermediário e daí para o avançado, descobrí que o vinho que tomamos era um excelente Chileno Special Reserve Cabo de Hornos 2006 San Pedro, passei a gostar muito de vinho e ainda conquistei de vez o namorado, hoje somos casados e amantes dessa delícia!

Mostrar mais respostas
  • Curtidas:
Responder
Cancelar

Ah, o melhor vinho que já tomei até hoje foi escolhido no “uni-duni-tê, é você” no supermercado. Depois de uma semana pesada com as obrigações do dia a dia, era finalmente fim de semana e resolvi ir à praia. Passei no mercado ao lado da rodoviária, comprei comida e desejava um vinho baratinho que eu não houvesse provado antes.

Essa não é uma experiência de fogos de artifício, não foi um vinho que me fez ver estrelas e entrar em êxtase. O vinho era bem simples. Bem simples mesmo, nada marcante.
E foi dessa simplicidade que o camarada me conquistou. Tão humilde, harmônico e sutil. Mesmo que não fosse nada arrojado, não tinha nada também que decepcionasse. Na boca lembrava a sensação de um beijo bom. Sábado à noite. Namoro no portão. Vidinha simples, aconchegante e plena.

Fiquei na minha sacada com a brisa e as ondas do mar e meu namoradinho de portão: um simples português que me conquistou.

Moderador
em 12/08/2014

Gosto muito deste vinho Lúcia!!

Mostrar mais respostas
  • Curtidas:
Responder
Cancelar
1 em 12/08/2014

Meu melhor vinho está longe de ser o mais caro, mas com certeza foi o melhor que eu tomei, pois tudo conspirou a favor, o clima fresco e agradável na beira da praia, onde forramos uma toalha a beira do mar com algumas torradas, queijos e patês leves e que ficou perfeitamente harmonizado com o Sauvignon Blanc e ainda foi no mesmo dia que fiz o pedido de casamento a minha noiva e recebendo o sim ao final, por esses motivos foi o melhor vinho que ainda tomei!!

Moderador
em 12/08/2014

E com certeza uma das melhores uvas brancas (Sauvignon Blanc) para a ocasião!!

Mostrar mais respostas
  • Curtidas:
Responder
Cancelar
0 em 12/08/2014

Afirmo que para mim o melhor vinho é o próximo.
A história dele será o que fará parte do meu corpo, da minha alma, enfim da minha história.

“Por mais raro que seja, ou mais antigo

Só um vinho é deveras excelente:

Aquele que tu bebes calmamente

Com o teu mais velho e silencioso amigo”

(Mário Quintana.)

  • Curtidas:
Responder
Cancelar
0 em 12/08/2014

Meu melhor vinho? Na verdade não sei o nome dele…só sei que foi um Malbec…mas porque ele foi o melhor? Vamos lá!

Conheci uma mulher, a principio só pela internet mas conforme nossas conversas rendiam, marcamos de nos conhecer pessoalmente. Local e hora marcada estava lá eu esperando até que ela chega. Fiquei simplesmente encantado com a pessoa pois era de uma beleza ímpar. Pergunto a ela qual nosso destino e ela me dá as coordenadas para uma praça simplória. Olho para ela sem entender mas ela me retorna o olhar com seus lindos olhos e diz: “Esta praça me traz as mais belas recordações.”. Pronto, para mim não tem mais necessidades de maiores explicações. Antes de questionar ela o que iríamos fazer ela saca de sua bolsa (simplesmente continuo me surpreendendo com bolsas femininas) um Malbec e duas taças…Abrimos a mesma, brindamos o início de nossa relação (qual ela for) e iniciamos nossa conversa. foram horas maravilhosas ao qual passei sorvendo deste belo vinho e da companhia da bela raposa. Jamais esquecerei cada instante ao qual estava ao lado dela…e o vinho….ahhhh…ele acabou e tivemos que comprar um cabernet sauvignon…acabamos nossa noite as 5 da manhã da forma mais bela possível…jamais esquecerei…jamais!!!

  • Curtidas:
Responder
Cancelar
0 em 13/08/2014

20 anos. 4 amigas. Sempre a última sexta-feira do mês. Histórias, lembranças, gargalhadas, e por que não, às vezes lágrimas também. Sempre com um bom vinho. Ou vários. Às vezes tinto, às vezes branco. Às vezes os dois…Um dos vinhos que embalou uma dessas sextas e que não sai da minha memória é o chileno Epu. Encorpado, de cor forte, mas cheiro delicado. Delicioso. Amigas, todas casadas, formadas, com filhos, mas com histórias interligadas, sempre. E sempre com um bom vinho na taça!

  • Curtidas:
Responder
Cancelar

Bem, eu poderia começar essa descrição dizendo que o melhor vinho que já bebi foi aquele abri em uma ocasião especial, como uma data comemorativa, ou aquele que brindou um fim de tarde no verão, tem também aquele que amenizou o frio, em frente à lareira em uma fria noite de julho. Teve aquele que recebeu notas altas dos críticos, teve o desconhecido, um mais caro que estava armazenado em uma adega subterrânea, e teve também um bem baratinho que estava na prateleira do supermercado. Todos eles, dentro de suas limitações, no instante em que abertos e degustados foram bons.
Sempre quando posso, ao degustar um vinho, preencho uma ficha de avaliação, faço anotações e no final dou uma nota, faço isso para, em primeiro lugar registrar minhas impressões sobre aquele vinho, faço isso também para montar um ranking pessoal dos vinhos degustados. Portanto para seria fácil eu apresentar os melhores, ou melhor vinho que já bebi, bastaria olhar as notas mais altas e pronto. Mas isso não é tudo, o vinho não pode ser resumido a isso. O vinho é um ser vivo, que depende do estado de espírito do degustador, da situação em que é aberto, das condições intrínsecas da própria bebida e de vários e vários outros fatores como todos vocês sabem. 
O melhor vinho que já bebi, portanto, vai depender de que tipo de história quer ouvir…já que o vinho, tem embalado todas as boas histórias da minha vida…

  • Curtidas:
Responder
Cancelar
2 em 25/08/2014

As histórias são muito especiais… cada uma tem enorme importância e fica difícil escolher a “melhor”. Portanto, vou presentear cada um de vocês com os cartões… assim todos ficam felizes, né?! :) 

Agora só preciso que me mandem um email com o endereço de vocês, para que eu possa enviar os cartões. Saúde e parabéns pelas histórias… é muito legal saber que o vinho tem papel importante na vida das pessoas. 

Email: contato@vinhozinhoclube.com.br

Assinante
em 09/10/2014

ainda ta valendo:?? com um atrazinho??? kkk

Admin
em 09/10/2014

Poxa, DecoPoa, infelizmente o atraso foi bem grande. hahaha :( 
Em breve teremos outras promoções, pode deixar!

Mostrar mais respostas
  • Curtidas:
Responder
Cancelar